quarta-feira, 18 de março de 2015

A LESÃO CORPORAL NA LEI MARIA DA PENHA

Esse livro foi feito como um guia do passo a passo de como enfrentar essa situação humilhante, não somente aborda a mulher como vítima mas também o má uso da lei por algumas mulheres no sentido de tirar vantagem.






Também estuda acerca da questão do Crime de Lesão Corporal na Lei Maria da Penha surgiu com a intenção de trazer uma compreensão aguçada aos profissionais da área do Direito sobre a Violência Doméstica nas relações familiares em razão da luta pessoal de Maria da Penha, uma vítima de lesão corporal, pela modificação da legislação, no sentido de erradicar a sensação de impunidade do agressor.


O estudo referente à violência contra a mulher, ainda tem grandes discussões quanto a sua efetividade, levando a repensar em quanta importância tem o conhecimento acerca da violência doméstica praticada contra a mulher da mesma forma como vem sendo tratada pelo sistema judicial atualmente.
A violência de gênero é uma realidade que vem aumentando e com requintes de crueldade cada vez maiores,independentemente da classe social ou condição financeira dos seus agentes. Com a lei instituí-se medidas como o afastamento e a proteção, que primordialmente deveriam garantir a integridade física e psicológica das vítimas em situação de risco.


Contudo é necessário discutir um pouco mais afundo qual a real eficácia da referida lei no que tange os crimes de lesão corporal durante a fase judicial e extrajudicial, assim sendo, enquanto do processo e tramitação da ação penal contra o agressor, posto que, diariamente a mídia mostra a prática de violência doméstica e familiar contra mulheres, que morrem, e que fizeram uma ou dezenas de queixas contra seus agressores. Intui-se então analisar a efetividade da lei, tanto em seus aspectos positivos, quanto nos aspectos negativos.


Espero que gostem! SIMONE QUEIROZ

LINK PARA COMPRA DO LIVRO!
https://www.clubedeautores.com.br/book/183200--A_LESAO_CORPORAL_NA_LEI_MARIA_DA_PENHA#.VQouWY7F9qU

quinta-feira, 16 de maio de 2013

10 FORMAS DE ORGANIZAR SEUS MATERIAIS DE ARTESANATO



Você que é artesã ou costureira e trabalha com linhas, fitas e outros acessórios de artesanato e costura, pode gostar dessas ideias para organizar seus materiais.

Tudo o que você tem em casa pode ser aproveitado para a organização: cestinhos, sacolas, caixinhas, cabideiros, divisórias, latinhas e até utensílios que você não imaginava!

Quer exemplos? Na galeria abaixo algumas ideias de como armazenar suas peças de confecção e produção artesanal, confira!









quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Passo a passo para customizar short com tachinhas




















Shorts customizados com spikes
Materiais:
- Um short jeans básico;
- Spikes prata (encontrados a venda em lojas de artesanato);
- Régua de 30 cm;
- Canetinha;
- Alicate.
Como customizar?























1. Antes de iniciar a customização, é importante ter em mente como você quer short. Existe a possibilidade de preencher todo o jeans com as tachinhas ou apenas fazer alguns detalhes, na barra ou no bolso;

2. Usando a régua e a canetinha, faça a marcação da área que será preenchida com spikes. Se a medição não for feita, o acabamento da peça pode ficar torto;

3. Ao marcar, é recomendado deixar o espaço de um centímetro de uma tachinha para a outra;

4. Como o Spike tem dentinhos na parte de trás, ele é muito fácil de fixar no tecido;

5. Depois de definir o lugar de cada tachinha, é chegado o momento de fixá-la. Basta colocar no jeans, apertar e esperar que todos os dentinhos apareçam atrás;

6. Em seguida, pegue um alicate e amasse os dentes. Quanto mais fixo estiver o Spike, melhor será o resultado, pois assim ele não vai causar arranhões ou tornar o uso do shortinho desconfortável;

7. Para que os dentinhos das tachas não machuquem a pele, é recomendado cortar um pedaço de tecido e costurá-lo no verso do jeans.
Fonte: http:www.mundodastribos.com

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Vários Estilos



















Quer saber como o quadro fica na sua parede?

Pendurest: uma nova experiência

Na hora de comprar uma roupa, você experimenta. Na hora de comprar uma pulseira, você experimenta. E na hora de comprar uma obra de arte para a sua casa, um investimento muito maior e que dura para sempre, você no máximo imagina como vai ficar.
Bom, se for uma pintura da Suzanna Schlemm ou uma foto da Verônica Fraga, você pode experimentar também. Porque nós duas acabamos de lançar um grupo no Facebook que pendura os quadros na parede da sua casa ou escritório, só para você ver como é que fica. É o Pendurest.
É muito fácil de experimentar! Veja como funciona:
1) Escolha o trabalho:
Dê uma olhada nas pinturas e fotografias disponíveis na nossa página. Gostou de alguma? Ótimo.
2) Envie a sua foto:
Tire uma foto da parede da sua casa ou escritório e poste no Pendurest, informando qual trabalho você gostou (procure fotografar a parede em questão bem de frente).
3) Receba de volta a foto do ambiente com o trabalho “pendurado”:
A gente faz a montagem digitalmente e te devolve a foto que nos enviou com a  pintura ou a fotografia que escolheu para você ver como fica, sem compromisso. Veja alguns exemplos:







Gostou? Então escolha o seu trabalho e mande a sua foto. Os cinco primeiro clientes do Pendurest que comprarem um trabalho assim ganham 10% de desconto.
Preços sob consulta.  Para ver a página do grupo com as pinturas e fotos disponíveis clique em:https://www.facebook.com/groups/penduranaparede/
PS: No começo somos apenas nós duas, mas em breve o Pindurest terá novos artistas. Aguardem.
Pendurest
Contato:
veronicavfraga@gmail.com
suzannaschlemm@gmail.com

sábado, 28 de julho de 2012